Notícias

Invictos, Black Dragons se consagram campeões da Pro League

Por: Rayar Cunha - GameHall - 16/05/2017 07:16:24
Invictos, Black Dragons se consagram campeões da Pro League

Domingo ocorreu a grande final da Etapa latino Americana da Pro League, que contou com 6 times brasileiros disputando pelo título e a qualificação para etapa mundial em Katowice na Polônia. Dois times levaram a qualificação porém antes haveriam de definir entre si quem seria o grande campeão em uma final eletrizante, nos estúdios em São Paulo. V3 Masters contra Black Dragons.

Os mapas decididos para estes confrontos foram Banco e Fronteira pela Black Dragons e Consulado e Chalet pela V3 Masters, caso a decisão ficasse para o quinto mapa, este seria Café.

Mesmo começando pelo mapa de escolha da V3 de Gustavo “Psycho” Rigal, João ''Kamikaze'' Gomes, Pedro "pzdd" Dutra, Rafael ''GeRe'' Torres e Thiago 'Thyy' Nicézio a BD saiu na frente, mostrando domínio total do mapa, sem esconder tática nenhuma e fechando ele rapidamente em 5 a 3

Já no segundo mapa, Consulado, a coisa foi um pouco diferente. A V3, conhecida por suas viradas e não baixar a cabeça não se entregou fácil, levando o jogo a Overtime, porém no fim acabou por ser superada com a BD fechando o placar em 6 a 4

Para acabar com a expectativa de muitos de uma virada da V3 ou mesmo com 5 partidas a Black Dragons fechou a decisão de forma cirúrgica, cravando 5 a 2 no mapa chalé e garantindo o título a André “Nesk” Oliveira, Lucas “Yuuk” Rodrigues, Leone “oNe” Kayque, José “Bullet1” Victor e Leo “Zigueira” Duarte de Campeões INVICTOS desta temporada.

Black Dragons

Confira os melhores momentos destes confrontos :

Mesmo assim, ambos times já estão a caminho da Polônia aonde representarão o país na etapa mundial da Pro League em Katowice. A competição distribuirá uma premiação total de U$237,500 mil !

Os outros grupos da Pro League já têm as equipes definidas para a fase final. Na segunda-feira (1), a FlipSid 3 (EUA) garantiu o título ao bater a Vertical Gaming (EUA), por 2 a 1. Já na luta pela terceira vaga para Katowice, a Elevate (EUA) bateu a Ominous (EUA), pelo mesmo resultado. Os confrontos foram válidos pelo grupo da América do Norte. Na quinta-feira (4), foram definidos os clubes da região Europa que irão competir na próxima fase. A PENTA Sports (UE) conquistou o título ao triunfar sobre a GiFu (FIN) por 2 a 1. A gBots eSports Club (ESP) ficou com a terceira colocação, ao vencer a Playing Ducks (EU), por 2 a 1, e também disputará as finais mundiais.

Mesmo feliz com o título e tendo sido destaque durante a grande final, o jogador José "Bullet1" Victor não poderá ir com o time para Europa. O jogo na Europa tem uma classificação de 18 anos, o que impede o jovem de apenas 17 participar do grande evento. Me sinto feliz e frustrado ao mesmo tempo, mas eu confio nos garotos e sei que eles vão nos representar bem!

Em seu lugar irá Diogo “Diogo1” Vieira, já campeão da Elite pela Team United no passado e tendo atuado também pela paiN Gaming, agora carregará o peso de assumir o lugar de Bullet direto na etapa mundial.

Diogo Salienta que se sente confortável na posição de reserva, não almejando ser titular em nenhum momento. “Ainda faço faculdade , não quero largar agora, estou no 8º período. A primeira vez, na United, foi a mesma coisa, rolou discussão e um jogador não foi para o presencial, eu entrei só pro vamo ver, mas saí de lá campeão .”

André "sensi" Kaneyasu, coach do time, fala que cada jogador é insubstituível, mas isso não quer dizer que o Diogo não consiga fazer o trabalho de Bullet1. Não é impossível e salienta como Diogo apesar de pouco tempo na casa absorveu muito conhecimento muito rápido.

“Não usamos nesta md5 até por ser o primeiro título do Bullet1, agora todos nós temos um título, talvez sendo o único time a ter isso no mundo e essa é mais uma motivação, vamos atrás de mais um titulo agora.”

 

 

Por parte da V3 Masters, apesar de tristes com o resultado ainda assim não se abalaram e o clima era de amizade entre os jogadores dos dois times que podem se considerar irmãos nessa nova etapa, com o mesmo objetivo, representar bem a nós todos .

Para o capitão da V3 Masters, Thiago “Thyy” Nicézio, a equipe tem se dedicado em treinos e não fará feio: “A importância desse campeonato é gigantesca. Estamos focados no jogo e destacamos a dedicação de todos da equipe: desde o jogador até o manager. Sabemos do potencial dos brasileiros diante das diferentes divisões. Os espectadores podem esperar um grande desempenho nosso para representar bem o Brasil”, disse.

Mais informações sobre os confrontos e a Pro League de Rainbow Six: Siege em : pro.eslgaming.com/r6/proleague/pc/